Carta aberta dos educadores de Serralves já tem mais de 1200 assinaturas

Abaixo-assinado exorta a administração a acatar as conclusões da Autoridade para as Condições do Trabalho, integrando no quadro os 21 falsos recibos verdes já identificados.

Foto
Teresa Pacheco Miranda

Os educadores de arte do Serviço Educativo de Serralves lançaram um abaixo-assinado, em forma de carta aberta ao conselho de administração da fundação, a apelar à regularização da situação laboral dos 21 falsos recibos verdes identificados pela Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), tendo já reunido mais de 1200 assinaturas de artistas, académicos, políticos e outros cidadãos.