O debate que tinha tudo para correr mal correu ainda pior

Eleitores indecisos queriam perceber se Donald Trump e Joe Biden eram capazes de os convencer, mas o que viram foram 90 minutos de insultos, provocações e interrupções. Na era dos factos alternativos, a avaliação foi consensual: este foi o pior debate de que há memória.

Foram escassos os minutos de discussão a sério sobre os assuntos que preocupam os cidadãos norte-americanos
Foto
Foram escassos os minutos de discussão a sério sobre os assuntos que preocupam os cidadãos norte-americanos Reuters/BRIAN SNYDER

Como num episódio desinspirado da série Twilight ZoneA Quinta Dimensão, o primeiro debate entre os dois principais candidatos à presidência dos EUA, Donald Trump e Joe Biden, parece ter sido transmitido num único sinal para dois universos paralelos. Num deles, onde o candidato do Partido Republicano é rei e senhor, a audiência vibrou com as suas constantes interrupções e provocações; no outro, onde o candidato do Partido Democrata é a última barreira de sanidade entre Trump e a Casa Branca, ouviram-se suspiros de alívio por não ter acontecido o massacre anunciado.