Cosmopolita ou xenófoba: para que lado vai pender a Suíça?

A comunidade portuguesa é a terceira maior população estrangeira da Confederação Helvética e beneficiou muito com a acordo de livre circulação que entrou em vigor em 2002. Há quem tema que esta consulta, que as sondagens indicam que não passará, traga mais condicionantes à sua vida.

referendo,imigracao,mundo,uniao-europeia,suica,europa,
Foto
EPA/JEAN-CHRISTOPHE BOTT

Se os eleitores disserem que “sim”, que querem acabar com o acordo de livre circulação com a União Europeia, Marília Mendes ficará “em choque”. A mera existência da iniciativa popular que a Confederação Helvética vota este domingo já lhe parece uma agressão. “É a enésima. Estas iniciativas preparam um caminho, criam uma predisposição para um endurecimento das condições de vida dos estrangeiros na Suíça.”