Torne-se perito

Augsburgo impõe primeira derrota ao Borussia Dortmund

Raphael Guerreiro jogou a primeira hora, mas não evitou os golos do adversário, que lidera provisória e isoladamente a liga alemã.

Erling Haaland incrédulo perante a primeira derrota do Borussia
Foto
Erling Haaland incrédulo perante a primeira derrota do Borussia Reuters/POOL

O Augsburgo impôs este sábado a primeira derrota (2-0) ao Borussia Dortmund na edição 2020/21 da Liga alemã de futebol, em encontro da segunda jornada, isolando-se na liderança provisória da Bundesliga.

O defesa Felix Uduokhai (40') colocou os anfitriões na frente, com um desvio de cabeça, após assistência de Caligiuri, a figura da partida, que no segundo tempo (54') se isolou, a passe de Gregoritsch, para fazer o segundo golo e sentenciar o encontro.

Os visitantes, que tiveram o internacional português Raphael Guerreiro até aos 60 minutos, ocupam a oitava posição, com três pontos, enquanto o Augsburgo tem seis e é a única equipa da Bundesliga, até ao momento, a vencer os dois primeiros jogos, algo que só Hoffenheim ou Bayern Munique, que se defrontam este domingo, e Friburgo, podem conseguir.

O golo solitário do médio Joan Simun Edmundsson (78') na recta final do desafio, na recepção ao Colónia, permitiu ao recém-promovido Bielefeld triunfar pela primeira vez na prova, tal como o Estugarda, que goleou no reduto do Mainz (4-1), operando uma reviravolta no marcador.

O Bayer Leverkusen-Leipzig terminou com uma igualdade a um golo e ficou decidido ainda no primeiro tempo, após o sueco Emil Forsberg (14') ter dado vantagem aos forasteiros, em lance individual, com a resposta dos “farmacêuticos” a surgir seis minutos depois, graças a um golo de pé esquerdo de Kerem Demirbay. O mesmo desfecho (1-1) teve a partida entre o Borussia Mönchengladbach e o Union Berlin.

Sugerir correcção