Os Sault voltaram a fazer das suas!

Se já não restavam quaisquer dúvidas que os Sault iriam constar do livro de destaques de 2020, o novo álbum sublinha-o com letras grandes.

Foto

Dois bons álbuns em 2019 e dois extraordinários álbuns em 2020, que podem ser considerados álbuns duplos, daqueles que são tão desafiantes musicalmente como socialmente, tudo isto em apenas 18 meses. Poucas semanas depois de Untitled (Black Is), o excepcional álbum que parecia ter sido composto como resposta ao assassinato de George Floyd e ao consequente emergir do movimento #Black Lives Matter, eis outra obra extraordinária, Untitled (Rise). O que raio está a acontecer?

Sugerir correcção