Câmara de Aveiro mantém realização de feira de cães e gatos

O público é aconselhado a adquirir antecipadamente os bilhetes através da bilheteira online, no secretariado no Parque de Exposições ou na bilheteira nos dias do evento para evitar aglomeração de pessoas.

Foto
Miguel Manso

A Câmara de Aveiro anunciou nesta terça-feira que mantém a realização da Exposição Canina e Felina Internacional, sábado e domingo, no Parque de Exposições de Aveiro, com maior distância entre ringues e provas ao ar livre.

Segundo a organização, as áreas e as distâncias entre os ringues das competições vão ser maiores este ano e algumas provas vão decorrer ao ar livre, sendo os espaços para o público marcados e delimitados, devido à pandemia de covid-19.

Na edição de 2020 vão estar a concurso cerca de 500 cães e 80 gatos, que competirão nas diferentes provas, divididas pelos dois dias do evento.

“Esta é uma edição especial de uma das provas mais importantes e prestigiadas do sector da canicultura e da felinicultura em Portugal, que cumpre todas as normas sanitárias exigidas pela Direcção-Geral da Saúde e pela Direcção-Geral de Veterinária”, assegura a autarquia em nota de imprensa.

As entradas e as saídas no recinto serão controladas e contabilizadas, para o que o acesso do público seja feito apenas pela entrada principal do Parque de Feiras (rua D. Manuel Almeida Trindade).

A saída será feita, exclusivamente, pela avenida Vale de Guimarães.

O público é aconselhado a adquirir antecipadamente os bilhetes através da bilheteira online, no secretariado no Parque de Exposições ou na bilheteira nos dias do evento, para evitar aglomeração de pessoas.

O preço de cada ingresso é de dois euros e cinquenta cêntimos e grátis para menores de seis anos.

As demonstrações caninas vão, também, ser transmitidas através da rede social Facebook.

A 12ª Exposição Canina Internacional de Aveiro e a 11ª Exposição Felina Internacional de Aveiro são organizadas pela Câmara Municipal de Aveiro, pela empresa municipal Aveiro-Expo, pelo Clube Português de Canicultura e pelo Clube Português de Felinicultura.