Torne-se perito

Djokovic numa inédita 52.ª final de um Masters 1000

A final feminina será disputada entre Simona Halep e Karolina Pliskova.

Novak Djokovic
Foto
Novak Djokovic LUSA/Riccardo Antimiani / POOL

Esta segunda-feira, em Roma, Novak Djokovic vai procurar um inédito 36.º título da categoria Masters 1000. Nas meias-finais dos Internazionali BNL d'Italia, frente a Christian Ruud (34.º mundial), o líder do ranking anulou set-points na partida inicial e sete de oito break-points para vencer, por 7-5, 6-3, e qualificar-se para a sua 52.ª final em torneios deste nível.

Para alcançar um novo recorde de 36 títulos Masters 1000, Djokovic terá de vencer no derradeiro encontro Diego Schwartzman (15.º), que ganhou um intenso duelo de mais de três horas com Denis Shapovalov (14.º), por 6-4, 5-7 e 7-6 (7/4).

Na prova feminina, Simona Halep (2.ª) somou a 13.ª vitória consecutiva, ao afastar a espanhola Garbiñe Muguruza (17.ª), por 6-3, 4-6 e 6-4.

Na final, a romena defronta a campeã em título, Karolina Pliskova (4.ª), vencedora de Marketa Vondrousova (19.ª), por 6-2, 6-4.

Sugerir correcção