Furacão

Furacão Sally atinge costa do Golfo dos Estados Unidos

O furacão foi classificado como de categoria 2. Mais de 430 mil casas e empresas no Alabama e na Florida ficaram sem electricidade esta quarta-feira.

Ventos fortes no estado do Alabama REUTERS/Jonathan Bachman
Fotogaleria
Ventos fortes no estado do Alabama REUTERS/Jonathan Bachman

O furacão Sally atingiu a costa do Golfo dos Estados Unidos esta quarta-feira de manhã com ventos e chuvas fortes.

Classificado como de categoria 2, o furacão causou grandes inundações em toda a região, composta por Louisiana, Alabama, Mississippi, Texas e Florida. Pelo menos uma pessoa morreu e mais de 550 mil casas e empresas no Alabama e na Florida ficaram sem electricidade esta quarta-feira. Centenas de pessoas foram resgatadas das áreas inundadas.  

A cidade de Mobile, no Alabama, foi uma das atingidas, com ventos fortes a sacudir as janelas, enquanto as árvores e as linhas eléctricas balançavam. As autoridades da zona sul dos Estados Unidos apelaram aos residentes para se protegerem do vento e da chuva, que em alguns locais atinge os 90 centímetros.

Criança brinca ao vento em Nova Orleães, no estado do Louisiana
Criança brinca ao vento em Nova Orleães, no estado do Louisiana REUTERS/Kathleen Flynn
Ondas batem num cais no Alabama
Ondas batem num cais no Alabama REUTERS/Jonathan Bachman
Mãe e filha junto às águas que sobem de um lago no Louisiana
Mãe e filha junto às águas que sobem de um lago no Louisiana REUTERS/Kathleen Flynn
O furacão num cais do Alabama
O furacão num cais do Alabama REUTERS/Jonathan Bachman
Lago Pontchartrain, no Louisiana
Lago Pontchartrain, no Louisiana REUTERS/Kathleen Flynn
Vista do centro da cidade de Mobile, no Alabama
Vista do centro da cidade de Mobile, no Alabama REUTERS/Jonathan Bachman
Homem caminha ao longo do Lago Pontchartrain, no Louisiana
Homem caminha ao longo do Lago Pontchartrain, no Louisiana REUTERS/Kathleen Flynn
Cidade de Mobile, no Alabama
Cidade de Mobile, no Alabama REUTERS/Jonathan Bachman
Veículo da polícia numa rua de Mobile, no Alabama
Veículo da polícia numa rua de Mobile, no Alabama REUTERS/Jonathan Bachman
Sugerir correcção