Moçambique

Homens com uniforme de soldado assassinam mulher em Cabo Delgado

O vídeo que circula nas redes sociais tem menos de dois minutos (aqui publicamos um excerto desse vídeo, editado), mas o seu impacto dura muito mais. Começa com uma mulher nua caminhando à beira da estrada, seguida por vários homens vestidos com fardas das Forças de Defesa e Segurança (FDS) de Moçambique. Um deles, com uma mochila vermelha às costas, aproxima-se e espanca-a violentamente com um pau. A mulher grita de dor, tenta proteger-se, cambaleia, os homens insistem que continue a andar, um deles dispara para a assustar. Poucos passos consegue dar quando é atingida por uma rajada de metralhadora.

O vídeo circula pelas redes sociais em Moçambique desde segunda-feira e atraiu muita indignação, levando mesmo as FDS a emitirem um comunicado a condenar o acto cometido por “um grupo de indivíduos trajando uniforme militar”.

“As Forças de Defesa e Segurança (FDS) consideram as imagens chocantes, abusivas, repugnantes, horripilantes e acima de tudo condenáveis em todas as suas dimensões”, diz o comunicado, que reafirma o “cometimento em proteger os direitos humanos” das FDS, não pactuando o instituição militar moçambicana “com qualquer acto bárbaro que consubstancie a violação dos direitos humanos”.

Sugerir correcção