Quase 900 operacionais combatem 15 fogos. Incêndio em Proença-a-Nova é o que mais preocupa

Em Proença-a-Nova, distrito de Castelo Branco, estão mais de 200 bombeiros no terreno. Fogo começou a lavrar no início desta tarde e não coloca em risco habitações.

incendios,proteccao-civil,bombeiros,sociedade,meteorologia,incendios-florestais,
Foto
Até às 23h59 deste domingo, há nove distritos em alerta vermelho devido ao risco de incêndio LUSA/PAULO NOVAIS

Quase 900 operacionais combatem este domingo à tarde 15 incêndios florestais no país e o que mobiliza mais meios é o fogo que lavra no concelho de Proença-a-Nova, no distrito de Castelo Branco, segundo a Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil (ANEPC).

A página da internet da ANEPC registava, às 16h, um total de 15 fogos activos, que mobilizavam 887 operacionais, 260 veículos e 23 meios aéreos.

Com 201 operacionais, apoiados por 59 veículos e nove meios aéreos, o fogo no concelho de Proença-a-Nova, distrito de Castelo Branco, está a consumir uma zona de mato desde as 13h43.

O comandante do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Castelo Branco, Francisco Peraboa, disse à Lusa que este incêndio tem uma frente “muito activa” que “não está a ceder”, mas para já não está a pôr em risco aldeias ou habitações.

O comandante sublinhou que as condições atmosféricas não estão a facilitar o combate, que está ainda a ser auxiliado por seis máquinas de rasto.

Outro incêndio com elevado número de meios é o que lavra em povoamento florestal no concelho de Montemor-o-Velho, no distrito de Coimbra, que começou às 14:54 e estava a ser combatido por 147 operacionais, 39 veículos e quatro meios aéreos.

A Protecção Civil dá também conta de um outro incêndio, que está activo desde as 13h07 em Leiria e que mobilizava 141 operacionais, 37 veículos e dois meios aéreos,

Em Viana do Castelo, está activo um fogo em povoamento florestal, que começou às 13h24, e estava a ser combatido por 73 operacionais, 24 veículos e dois meios aéreos.

No total, a ANEPC regista 51 incêndios, 15 dos quais activos, sete em resolução e 31 em conclusão.

Portugal Continental está em situação de alerta devido ao risco de incêndio até às 23h59 deste domingo, estando em estado de alerta especial nível vermelho os distritos de Beja, Castelo Branco, Évora, Faro, Guarda, Leiria, Portalegre, Setúbal e Santarém e os restantes estão em laranja.

Sugerir correcção