Semanas da moda regressam, mais digitais e menos físicas

Nova Iorque, Milão, Madrid: As semanas da moda estão de volta um pouco por todo o mundo e as mudanças na organização dos eventos são abismais quando comparadas com o ano anterior. O público poderá ver a maior parte dos desfiles através de um ecrã, ainda que alguns tenham a oportunidade de se sentar junto à passerelle.

milao,portugal-fashion,nova-iorque,moda,design,italia,
Foto
A semana da moda de Madrid arrancou a 10 de Setembro, com um programa misto de eventos com público e no digital. LUSA/JJ Guillen

A semana da moda de Nova Iorque (NYFW, na sigla original) é uma das primeiras a realizar-se no âmbito da nova estação e numa realidade pós-covid-19. Ao invés dos habituais sete dias de evento, terá apenas cinco (de 13 a 17 de Setembro), será pautada por uma envolvência digital e um menor número de pessoas a assistir aos desfiles físicos.

Todos os pormenores da organização do evento foram debatidos com o departamento do governador do estado de Nova Iorque, de modo a cumprirem os protocolos e a permitir a realização dos desfiles, referiu, de acordo com a Reuters, a agência responsável pelo evento, a IMG. “Desenvolvemos o nosso evento e as nossas ofertas aos designers de forma a sermos capazes de criar um evento que é tanto seguro como bem-sucedido e que permite aos consumidores ligarem-se para ver e participar”, disse a vice-presidente internacional de marketing da IMG, April Guidone.

Spring Studios, a casa da semana da moda de Nova Iorque, também se adaptou. “Estamos a oferecer o nosso terraço aos designers para a realização de desfiles mais tradicionais, que podem ter uma audiência bastante reduzida e a cumprir o distanciamento social”, disse GuidoneOs destaques desta semana da moda incluem os nomes de Jason Wu, Rebecca Minkoff e Christian Siriano  — este último irá apresentar a colecção a partir da sua casa no Connecticut. 

O conteúdo do evento, assim como painéis e espectáculos especiais, será transmitido através do website da NYFW e o conselho de criadores de moda da América criou um plataforma digital, a Runway360, para divulgar desfiles.

Enquanto em Nova Iorque se dá primazia ao digital, em detrimento do lado físico da semana da moda, do outro lado do oceano Atlântico, em Milão, preparam-se sete dias com diversos momentos presenciais.

Entre 22 e 28 de Setembro, no primeiro grande evento da indústria em Itália desde a chegada da pandemia, um terço dos 64 desfiles da semana da moda de Milão serão ao vivo, cumprindo as medidas de segurança. Esta decisão é apelidada de “corajosa” por Carlo Capasa, presidente da Câmara Nacional da Moda de Itália.

Ainda assim, várias grandes marcas vão optar por espectáculos virtuais, à porta fechada, com a perda da audiência ao vivo, mas de forma a manter os compradores e o staff em segurança. São exemplo disso a Giorgio Armani, que já em Fevereiro optou por realizar os desfiles sem convidados, aquando dos primeiros casos confirmados do novo coronavírus em Itália. Agora a marca terá dois eventos, ambos sem público, e as colecções da Emporio Armani serão apresentadas digitalmente. 

Por estes dias, Madrid recebe a sua semana da moda, que, à semelhança das restantes, se faz numa mistura entre o físico e o digital. O evento arrancou na passada quinta-feira, dia 10, sob apertadas medidas de segurança. Alguns desfiles são presenciais, enquanto outros se apresentam pelos ecrãs. A semana da moda de Madrid termina no próximo dia 13 de Setembro.

Em Portugal, as semanas da moda vão decorrer em Outubro, com alguns dos detalhes dos eventos já revelados pelas duas grandes plataformas nacionais: a ModaLisboa e o Portugal Fashion. Na primeira, que se realizará entre os dias 7 e 11, haverá um momento físico a acontecer nos jardins do Parque Eduardo VII, que contará com os habituais desfiles e a presença de convidados. Será complementado com novidades digitais, que passam por uma aplicação para o smartphone e para a smart tv, onde será possível assistir em live stream ao evento, assim como aceder a um conjunto de actividades exclusivamente digitais.

No Portugal Fashion, a decorrer de 15 a 17 de Outubro na Alfândega do Porto, apesar de ainda não terem sido revelados todos os pormenores, o formato do evento será um híbrido entre o físico e o digital, com preferência pelos espaços exteriores e um número reduzido de convidados.

Sugerir correcção