Grupo Pestana reabre hotel em São Tomé e Príncipe

O Pestana S. Tomé reabriu com “rigorosos procedimentos de higienização”, garantem.

hoteis,viagens,fugas,turismo,sao-tome-principe,africa,
Fotogaleria
hoteis,viagens,fugas,turismo,sao-tome-principe,africa,
Fotogaleria
hoteis,viagens,fugas,turismo,sao-tome-principe,africa,
Fotogaleria
Pestana São Tomé DR
hoteis,viagens,fugas,turismo,sao-tome-principe,africa,
Fotogaleria
hoteis,viagens,fugas,turismo,sao-tome-principe,africa,
Fotogaleria
,Restaurante
Fotogaleria
,Quarto
Fotogaleria

O Pestana São Tomé, que ladeia a Baía de Ana Chaves, na cidade de São Tomé já começou a receber hóspedes. 

Em comunicado, o grupo sublinha que o hotel, de cinco estrelas, reabre com “todas as garantias do selo Clean & Safe e rigorosos procedimentos de higienização para a máxima segurança”, sendo que os "colaboradores estão devidamente formados e equipados com materiais de protecção individual”.

O hotel oferece 115 quartos e garante “uma praia privada, mas também uma piscina panorâmica sobranceira ao mar, um casino e uma discoteca”, além de restaurante, spa e health club.

Na ilha de São Tomé, o grupo tem ainda o Miramar, que deverá entrar em funcionamento em Outubro, período para o qual o site já aceita reservas, e o Equador, no ilhéu das Rolas, onde uma das grandes atracções é sentirmo-nos no “centro do mundo”, este ainda sem data de abertura confirmada: está “encerrado para manutenção”, informa da página do hotel.

Para viajar para São Tomé, assinala-se em comunicado, é necessário apresentar um teste covid-19 negativo, efectuado nas 72 horas antes da viagem (os menores de três anos estão dispensados da regra). No regresso a Portugal, “todos os passageiros com 12 ou mais anos de idade devem fazer o teste, até 72 horas antes da partida, num laboratório localizado numa ala específica do Hospital Central, destinada apenas para este fim”.

O país, segundo informa a agência STP-Press, registou até agora 898 casos positivos de covid-19 e 15 mortes.

Sugerir correcção