Torne-se perito

Setenta alunos da Escola Alemã de quarentena em casa devido a um contágio

Recolhimento dos alunos de três turmas às suas habitações foi sugerido pela delegada de saúde.

covid19,coronavirus,saude,educacao,sociedade,escolas,
Foto

Cerca de 70 alunos do pólo de Lisboa da Escola Alemã estão desde esta segunda-feira em casa de quarentena preventiva, depois de, no sábado, os responsáveis da escola terem tido conhecimento de que um dos alunos estava contaminado com a covid-19.

Os responsáveis da escola detectaram dois casos de covid-19 no universo escolar. Segundo confirmaram ao PÚBLICO, um dos casos era de um trabalhador de uma empresa concessionária e “foi identificado porque a escola testou todos os colaboradores antes do início das aulas, incluindo externos”. “Esse caso não chegou a ter qualquer contacto com os alunos”, adiantaram.

O outro caso foi identificado num dos alunos do liceu, no pólo de Lisboa, “que foi contagiado durante as férias, num contacto social externo à escola. Tivemos conhecimento do resultado positivo do seu teste este sábado”, acrescentaram os responsáveis em resposta por escrito.

No caso do funcionário da empresa concessionária, “ficaram de quarentena preventiva todos os que tiveram contacto com ele durante a preparação da reabertura”. São quatro funcionários dessa empresa e um trabalhador da escola.

No que respeita ao aluno, a escola diz ter estado “presente apenas no primeiro dia de aulas, tendo tido apenas a aula inicial com o director de turma.”

“A escola está organizada em ‘bolhas’ estanques, no liceu correspondentes a anos escolares, que partilham entre si espaços da escola, zonas para intervalo, horários de entrada e de saída, etc. Com base nisto, a delegada de saúde da nossa área decidiu que os alunos que possam ter tido contacto com este caso devem ficar em casa preventivamente e ser acompanhados pelo SNS”, acrescentam.

Foram assim para casa todos os alunos dessa bolha, pertencentes a três turmas do ensino médio.

“Esta decisão da delegada de saúde foi-nos transmitida no sábado, cerca de duas horas depois de termos tido conhecimento do contágio, e comunicada aos pais deste grupo ainda no mesmo dia. Esses alunos iniciaram aulas em regime de ensino à distância hoje de manhã às 8h, conforme previsto no seu horário regular”, revelam. Foi ainda dada informação sobre o sucedido a toda a comunidade escolar.

Todos os outros níveis de ensino (jardim de infância, primária e restantes anos do liceu) mantêm funcionamento regular com aulas presenciais.

“Passámos parte do último ano e o Verão todo a preparar-nos para esta situação, por isso estamos a encará-la com preocupação, naturalmente, mas também com tranquilidade. Temos confiança nas medidas que tomámos para reduzir ao máximo a possibilidade de contágio dentro da escola e sentimo-nos muito apoiados pelo médico escolar e pela delegada de saúde da nossa área”, afirmou ao PÚBLICO por escrito Teresa Salgueiro Lenze, directora da Escola Alemã.

Sugerir correcção