Itália impõe-se em Amesterdão e assume liderança

Polónia venceu na Bósnia-Herzegovina e igualou a selecção dos Países Baixos na classificação do Grupo 1.

Nicoló Barella marcou no final da primeira parte para a selecção italiana
Foto
Nicoló Barella marcou no final da primeira parte para a selecção italiana Reuters/PIROSCHKA VAN DE WOUW

A Itália venceu esta segunda-feira a selecção dos Países Baixos, por 0-1, na Johan Crujff Arena, em Amesterdão, e assumiu o comando do Grupo 1 da Liga A da Liga das Nações, somando quatro pontos em dois jogos, depois de ter cedido uma igualdade frente à Bósnia-Herzegovina, na primeira jornada. 

A equipa de Roberto Mancini corrigiu a entrada em falso na competição, controlando sem problemas uma selecção laranja que não tem sido feliz nos confrontos com os italianos. O golo de Nicoló Barella (45+1') deixou a equipa da casa numa posição de grande constrangimento, acabando por compensar o revés sofrido quatro minutos antes, com a lesão de Zaniolo, que levou ao abandono do avançado da Roma.

A Itália dispôs de algumas oportunidades para resolver o jogo no início da segunda parte, mas o resultado não sofreria alterações.

A selecção dos Países Baixos caiu para o terceiro lugar do grupo, em igualdade pontual com a Polónia, que venceu na Bósnia-Herzegovina. Em Zenica, os bósnios receberam os polacos e, apesar de terem marcado primeiro, por Haris Hajradinovic (24'), de grande penalidade, permitiram a reacção da equipa visitante, que garantiu importante vitória (1-2) com golos de Glik (45+1') e Grosicki (67'). 

Na Liga B, destaque para a goleada (1-5) da Noruega em Belfast, frente à Irlanda do Norte, com um bis de Haaland. Também no Grupo 1, a Áustria foi surpreendida pela Roménia (2-3), que assim garantiu o primeiro lugar, com quatro pontos.

Sugerir correcção