Torne-se perito

Ceder para chegar ao Governo? “Neste momento qualquer coligação seria muito negativa para o Chega”

Liderança do Chega vai este sábado a eleições e militantes pronunciam-se sobre pena de morte. Ideólogo do partido diz que Chega “tem uma identidade e bandeiras cruciais” e “seria rigorosamente impossível abandoná-las”.

chega,andre-ventura,partidos-politicos,politica,
Fotogaleria
Diogo Pacheco Amorim vai substituir André Ventura na AR durante a campanha para as Presidenciais Rui Gaudêncio
chega,andre-ventura,partidos-politicos,politica,
Fotogaleria
O ideólogo do Chega ajudou Manuel Monteiro a lançar o Partido Nova Democracia Rui Gaudêncio

André Ventura, líder demissionário do Chega, chega às eleições internas deste sábado como André Ventura, líder incontestável do embrião político que criou. 433 dias depois da última vez que se apresentou a um escrutínio interno, o discurso não mudou, mas agora aparece com a legitimidade de um assento parlamentar, 67 mil votos em urna (1,29%), sondagens favoráveis e uma candidatura presidencial lançada.