Investigador espanhol Ángel Marcos de Dios vence Prémio Eduardo Lourenço

O professor catedrático jubilado dirigiu as licenciaturas em Filologia Portuguesa e em Estudos Portugueses e Brasileiros na Universidade de Salamanca, uma das mais antigas e prestigiadas Universidades da Europa.

cultura,premio,eduardo-lourenco,literatura,culturaipsilon,livros,
Foto
Ángel Marcos de Dios, dr

Ángel Marcos de Dios, 76 anos, professor catedrático jubilado da Universidade de Salamanca venceu a 16.ª edição do Prémio Eduardo Lourenço, por unanimidade. O júri, reunido nesta sexta-feira, 4 de Setembro de 2020, “reconheceu o seu mérito académico e científico na área da Língua e Literatura portuguesas e a sua longa e profícua dedicação ao desenvolvimento e aprofundamento das relações culturais e académicas entre Portugal e Espanha”. 

O júri constituído pelos membros da Direcção do Centro de Estudos Ibéricos (Presidente da Câmara Municipal da Guarda, Reitor da Universidade de Coimbra e Reitor da Universidade de Salamanca) membros das Comissões Científica e Executiva do CEI e pelas seguintes personalidades convidadas: Álvaro Laborinho Lúcio, Artur Santos Silva, indicados pela Universidade de Coimbra, e Luis Miguel García Jambrina, indicado pela Universidade de Salamanca.

“Ángel Marcos de Dios foi um dos principais impulsionadores do crescimento e representatividade dos Estudos de Língua e Cultura Portuguesas no meio académico, tendo promovido e dirigido as licenciaturas em Filologia Portuguesa e em Estudos Portugueses e Brasileiros na Universidade de Salamanca, uma das mais antigas e prestigiadas Universidades da Europa, contribuindo de forma decisiva para fecundar o intercâmbio e a cooperação ibérica, aliados a uma visão de abertura ao mundo e ao saber que caracterizam o verdadeiro espírito universitário”, lê-se no comunicado do prémio, no valor de 7500€, e que se destina a galardoar personalidades ou instituições com intervenção relevante no âmbito da cultura, cidadania e cooperação ibéricas.

O investigador espanhol é autor de  História da Literatura Portuguesa, Escritos de Unamuno sobre Portugal, Os portugueses na Universidade de Salamanca, Letras Portuguesas: literatura comparada e estudos ibéricos, entre centenas de artigos em obras colectivas, revistas e actas de congressos. Fundou e dirigiu a Revista Estudos Portugueses e Brasileiros e criou do Grupo de Estudos Hispano-Lusófonos, centrado nos estudos comparativos das línguas e literaturas espanhola, portuguesa, brasileira e lusófona.

Nas edições anteriores receberam o prémio Eduardo Lourenço a professora catedrática Maria Helena da Rocha Pereira, o jornalista Agustín Remesal, a pianista Maria João Pires, o poeta Ángel Campos Pámpano, o professor catedrático de direito penal Jorge Figueiredo Dias, os escritores César António Molina, Mia Couto, Agustina Bessa-Luís, Luís Sepúlveda e Basilio Lousada Castro, o jornalista e escritor Fernando Paulouro das Neves, o teólogo José María Martín Patino e os professores e investigadores Jerónimo Pizarro, Antonio Sáez Delgado e Carlos Reis.

Sugerir correcção