Charlie Hebdo, mais do que um ataque em julgamento

O atentado contra o jornal satírico, em Janeiro de 2015, marcou o início de uma era que transformou e continua a transformar a sociedade francesa. Com os autores materiais dos ataques mortos, no banco dos réus sentam-se 14 pessoas acusadas de cumplicidade.

estado-islamico,paris,mundo,terrorismo,franca,europa,
Foto
Marcha de solidariedade às vítimas do ataque ao Charlie Hebdo, realizada quatro dias depois, a 11 de Janeiro de 2015 em Paris Charles Platiau / Reuters

Pouco passava das 11h30 de uma manhã de Inverno em Paris, quando dois homens fortemente armados entraram na redacção do semanário satírico Charlie Hebdo. Não se passaram muitos minutos até voltarem a sair após matarem a sangue frio 12 pessoas. Essa manhã de 7 de Janeiro de 2015 é encarada como o início de um período negro na História recente de França, que seria palco de outros atentados terroristas ainda mais sangrentos.