Portugal é quarto no anúncio de ciclovias na Europa pós-covid

Barómetro europeu mede a concretização das promessas feitas pelas cidades e regiões. Dirigente da Federação Europeia dos Ciclistas considera normal o cepticismo inicial dos cidadãos, mas diz que nenhuma cidade se arrepende.

portugal,porto,lisboa,governo,ambiente,transportes,
Foto
Nuno Ferreira Santos

Desde que a pandemia de covid-19 se instalou nas nossas vidas, nenhuma cidade europeia anunciou a criação de tantas ciclovias como Roma. A capital italiana propôs-se fazer em poucos meses o que Lisboa não conseguiu em dez anos: ter uma rede de 150 quilómetros à disposição de quem se desloca de bicicleta. Mas Portugal, muito graças a Lisboa, e ao Porto, aparece bem classificado entre os países que estão a apostar na mobilidade ciclável para fazer face aos novos desafios da vida urbana.