Finanças travam venda de imóveis de 265 milhões do ex-BPN

O secretário de Estado das Finanças, João Nuno Mendes, deu ordens à Parvalorem para suspender venda de activos que estava a ser intermediada pela Alantra, chefiada por antiga assessora de Ricardo Salgado.

Foto
Daniel Rocha

O Ministério das Finanças deu instruções à Parvalorem, a sociedade criada para gerir os activos tóxicos herdados do antigo BPN, para travar a venda de uma carteira de imóveis que tinha sido recentemente colocada no mercado, com a designação de Projecto Miraflores.

Sugerir correcção