Haveria vantagens em proteger mais pessoas contra a gripe, mas vacinas não são suficientes

Se houvesse mais vacinas contra a gripe, as crianças seriam um dos grupos a quem deveria ser recomendada esta protecção, até pelo papel que têm na transmissão do vírus na comunidade, alertam especialistas.

Foto
Há limitações na aquisição de vacinas Daniel Rocha

O problema da disponibilidade da vacina contra a gripe não é novo, mas a pandemia de covid-19 veio agudizá-lo. Especialistas ouvidos pelo PÚBLICO parecem concordar que seria benéfico vacinar mais pessoas contra a gripe, sobretudo este ano, quando o novo coronavírus está também a circular, mas, em termos práticos, como não há doses suficientes para todos, é preciso estabelecer hierarquias e disponibilizar a vacina a quem mais precisa.