Governo acrescenta 4000 vagas no ensino superior para o próximo ano lectivo

Lugares que não forem usados nos concursos especiais, como o destinado aos estudantes internacionais, podem ser ocupados por alunos nacionais. Há mais 11 mil candidatos do que vagas disponíveis.

Foto
Paulo pimenta

As universidades e institutos politécnicos vão poder destinar ao regime geral de ingresso as vagas que não forem usadas nos concursos especiais, como o que existe para os estudantes internacionais. São cerca de 4000 novos lugares pelas estimativas das instituições de ensino superior, que podem ser ocupados no concurso que está a decorrer. A medida foi aprovada esta quinta-feira em Conselho de Ministros, depois de na 1.ª fase se ter verificado um número recorde de candidatos, muito superior ao número de vagas.

Sugerir correcção