Seguros que só cobrem metade dos riscos do crédito estão a aumentar

Sabe exactamente o que cobre o seguro de vida associado ao empréstimo da casa? Os mais baratos, pagando menos 10 a 20 euros por mês, podem ser uma armadilha. Há novos seguros, como o que só cobre metade do capital em dívida.

Foto
Empréstimos da casa e seguros de vida são compromissos assumidos por muitos anos Daniel Rocha

Pedir um empréstimo à habitação e contratar um seguro de vida que pague a dívida em caso de morte, acidente ou doença grave, é uma exigência dos bancos (apesar de não ser obrigatório por lei) e deixa os consumidores muito mais tranquilos em relação ao futuro. Mas as coberturas de risco deste tipo de seguros são muito variáveis, a que correspondem diferentes custos, e muitos portugueses contrataram ou continuam a contratar apenas a cobertura base, a mais barata, muitas vezes a única apresentada pelo banco ou a única comercializada pela seguradora, sem perceberem a diferença face a outras garantias complementares ou reforçadas.