Suspeitas da população levaram Ministério Público a investigar surto em Reguengos

Averiguação foi aberta no início de Julho e, em meados desse mês, convertida em inquérito. Em causa eventuais crimes de maus tratos por negligência.

Foto
LUSA/NUNO VEIGA

Foram suspeitas de negligência no tratamento dos idosos que surgiram entre a população de Reguengos de Monsaraz que levaram o Ministério Público a investigar o surto de covid-19 no lar da Fundação Maria Inácia Vogado Perdigão Silva, no qual morreram 18 pessoas. Segundo o PÚBLICO apurou junto de fonte judicial, as dúvidas que apareceram entre a população local levaram no início de Julho o Ministério Público a abrir uma averiguação preventiva que, em meados desse mês, foi convertida num inquérito-crime que corre no Departamento de Investigação e Acção Penal de Évora.