Nasceu Afrolink, o site que dá rosto à diversidade de profissionais negros em Portugal

Projecto quer quebrar “a narrativa de que todos os negros trabalham na construção civil, na restauração e nas limpezas”, explica a criadora, a jornalista Paula Cardoso. Com centenas de perfis, o Afrolink quer ser também uma rede de contactos para a comunidade afrodescendente e africana em Portugal.

Foto

Não é um jornal, mas tem textos construídos de forma jornalística: no Afrolink ficamos a conhecer o projecto Four Flags Lisboa, da artista e escritora Gisela Casimiro, os perfis da formadora e consultora educacional Georgina Angélica, do criador da Plataforma de Serviços de Língua Portuguesa Gualter Vera Cruz, da investigadora em media Helena Vicente, da fotógrafa Alice Marcelino, da criadora do canal AfroMary Mariama Injai, da consultora em formação, coaching e migração Carla Santos, do criador da marca Bazofo e Dentuzona Vítor Sanches ou da cozinheira e líder comunitária Elisabete Borges….

Sugerir correcção
Ler 27 comentários