Benfica perto de oficializar Cebolinha e Vertonghen

Os dois jogadores já estão em Portugal para concluir os exames médicos, devendo ser anunciados em breve.

sl-benfica,desporto,i-liga,futebol-nacional,
Foto
Vertonghen terminou contrato com o Tottenham Peter Cziborra/Reuters

A pré-temporada do Benfica arrancou no início da semana, mas alguns dos pesos-pesados do novo plantel estão ainda a chegar. Nesta quinta-feira, foi a vez de Everton Cebolinha aterrar no aeroporto de Lisboa, para cumprir as formalidades em falta antes de assinar pelos “encarnados”. O belga Jan Vertonghen, também já em Portugal, deverá seguir-lhe as pisadas, estando bem encaminhadas as negociações para o mesmo acontecer com o alemão Luca Waldschmidt. 

Everton Sousa Soares, mais conhecido nas quatro linhas como Cebolinha, chegou a Portugal ao início da manhã, sem ter prestado declarações. O extremo brasileiro, uma das grandes figuras do Grémio nas últimas temporadas, deverá assinar um contrato válido por cinco épocas, tendo o Benfica de desembolsar cerca de 20 milhões de euros pelo seu passe. O clube de Porto Alegre terá, porém, direito a 15% de uma mais-valia numa futura venda do jogador, que já tem estatuto de internacional A desde Setembro de 2018.

Se Cebolinha (um criativo rápido, explosivo e tecnicamente evoluído) é uma das peças-chave do Benfica de Jorge Jesus, o mesmo estatuto poderá ser atribuído a Vertonghen. O central viu o contrato com o Tottenham chegar ao fim e tinha algumas propostas em carteira, fruto de uma carreira de grande sucesso (118 jogos pela selecção da Bélgica) no futebol europeu, mas terá optado pelos “encarnados”.

Em Portugal há alguns dias, o defesa de 33 anos tem praticamente acordo fechado e foi nesta quinta-feira visto em Lisboa, tudo indicando que já tenha realizado os exames médicos e que possa ser apresentado em breve, até em conjunto com Cebolinha.

Outro dos alvos do Benfica neste mercado é Luca Waldschmidt. O avançado que Rui Costa e Tiago Pinto foram à Alemanha negociar, no início da semana, já não se treinou nesta quinta-feira com o Friburgo e está muito próximo de assinar pelas “águias”. Segundo avançado, esquerdino e cliente regular das selecções jovens alemãs, Waldschmidt deverá assinar um contrato de quatro ou cinco anos, com o clube lisboeta a pagar 15 milhões de euros pelo seu passe.

Sugerir correcção