PSD e CDS querem explicações do Governo sobre surtos em lares

Depois das 18 mortes num lar de Reguengos de Monsaraz, os partidos aguardam por explicações do Governo e criticam o silêncio das ministras da Saúde e da Segurança Social após a revelação da auditoria feita pela Ordem dos Médicos.

Foto
Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social LUSA/JOÃO RELVAS

O PSD e o CDS desafiam o primeiro-ministro a instar a ministra da Saúde e a ministra da Segurança Social a interromperem eventualmente as férias para esclarecerem a veracidade da auditoria ​feita pela Ordem dos Médicos ao surto no lar em Reguengos de Monsaraz, em Évora, com um total de 162 casos de infecção que provocaram 18 mortos: 16 utentes, uma funcionária do lar e um homem da comunidade.