O confinamento e o esgotamento parental

O desgaste emocional dos pais pode ter consequências graves para os próprios e, naturalmente, para as crianças, porque existe um desequilíbrio entre as exigências das tarefas parentais e a capacidade física e psicológica do adulto para desempenhá-las.

Foto
@petercalheiros

Para muitas crianças e pais, o confinamento promoveu a qualidade da sua relação porque estreitou laços. Porém, para outras, representou um problema emocional com impacto negativo directo nas suas vidas. A somar ao teletrabalho, ao apoio escolar dado aos filhos e ao trabalho doméstico, durante o confinamento, muitos casais viram a sua vida virada do avesso, sem poderem contar com o auxílio de outras pessoas para ajudar a reduzir o stress e o cansaço que se foram acumulando dia após dia. Ser pai ou mãe durante 24 horas por dia, sete dias por semana, pode ser mesmo esgotante!