PGLOBAL

Morreu Waldemar Bastos, figura maior da música angolana e do mundo

Nascido em Angola mas artista do mundo, com múltiplas influências, Waldemar Bastos foi uma das figuras maiores da música africana de expressão portuguesa. Morreu com 66 anos. 

Aos 7 anos começou a ter aulas de violão dr
Fotogaleria
Aos 7 anos começou a ter aulas de violão dr

Com um percurso multifacetado de 40 anos, Waldemar Bastos nunca deixou de abraçar a música de raiz angolana, mas também não prescindia de lhe atribuir novas tonalidades, com influências da música portuguesa ou da brasileira, bem como da soul, blues ou rock ocidental. Gravou com Arto Lindsay ou Chico Buarque, fez espectáculos com orquestras ou apenas com o violão, editou pela Luaka Bop do americano David Byrne e actuou um pouco por todo o mundo. Em 2016, numa entrevista ao PÚBLICO, dizia:  “Em mim convivem a cultura africana e portuguesa.”

Na adolescência esteve na formação de várias bandas
Na adolescência esteve na formação de várias bandas dr
Anos 1970
Anos 1970 dr
Com David Byrne
Com David Byrne dr
Concerto em Berlim
Concerto em Berlim dr
Anos 1970
Anos 1970 dr
dr
dr
No Grand Canyon
No Grand Canyon dr
dr
Em Lisboa
Em Lisboa dr
Sugerir correcção