Bielorrussos vão a votos tentar o impossível: afastar Lukashenko

As eleições presidenciais deste domingo na Bielorrússia têm um desfecho anunciado. Mas, por mais que resista, o Presidente que governa há 26 anos já não vai conseguir fugir ao ódio dos seus compatriotas.

protestos,mundo,eleicoes,alexander-lukashenko,bielorrussia,europa,
Fotogaleria
Lukashenzo disse que há a ameaça de um “banho de sangue” em Minsk depois das eleições Reuters/Vasily Fedosenko
protestos,mundo,eleicoes,alexander-lukashenko,bielorrussia,europa,
Fotogaleria
Svetlana Tikhanouskaia candidatou-se com o apoio de outros candidatos da oposição LUSA/TATYANA ZENKOVICH

O Presidente bielorrusso, Aleksander Lukashenko, enfrenta neste domingo as eleições mais difíceis desde que chegou ao poder, em 1994. A péssima gestão da pandemia da covid-19 e a degradação das condições de vida da população, aliadas à crescente noção de como o Estado age de forma repressora, criaram as condições para que surgisse uma oposição unida e persistente no objectivo de acabar com o regime.