Centros temporários para vítimas de violência vão funcionar para lá de Setembro

Desde o dia 6 de Abril, os dois centros temporários acolheram 113 mulheres e 95 crianças. Na incerteza da epidemia, os protocolos serão renovados pelo menos até ao final do ano

violencia,direitos-humanos,violencia-domestica,igualdade,sociedade,crime,
Foto
pp paulo pimenta

No meio de uma pandemia ainda sem fim à vista, os Centros Temporários de Acolhimento de Emergência para vítimas de violência doméstica vão manter-se a funcionar. Pelo menos até ao final do ano.