Incêndios. Serra de Sintra vai estar encerrada na quinta e sexta-feira

A decisão surgiu face à previsão de “risco de incêndio rural elevado” durante o período em causa e por estar em curso, até 30 de Setembro, o período crítico de incêndios rurais.

incendios,proteccao-civil,local,portugal,meteorologia,incendios-florestais,
Foto
Imagem do fogo na Serra de Sintra em 2018 LUSA/RODRIGO ANTUNES

 O perímetro florestal da serra de Sintra vai estar encerrado entre as 00:00 de quinta-feira e as 23h59 de sexta-feira, anunciou hoje a Câmara Municipal de Sintra, no distrito de Lisboa, em comunicado.

O presidente da câmara, Basílio Horta, determinou o encerramento da área, Património Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO, em inglês), após o Governo ter declarado a situação de alerta para todos os distritos do país nesse período, acrescentou a nota enviada à Lusa.

A decisão surgiu face à previsão de “risco de incêndio rural elevado” durante o período em causa e por estar em curso, até 30 de Setembro, o período crítico de incêndios rurais, justificou ainda a câmara.

A medida decretada pelo município de Sintra acarreta a “proibição de circulação, estacionamento e permanência de viaturas no interior do perímetro florestal”, à excepção dos “veículos de moradores e de empresas aí sediadas, de veículos de socorro, de emergência e das entidades integrantes do sistema municipal de protecção civil”, lê-se no comunicado.

A autarquia salientou também que a interdição do trânsito nas vias municipais do perímetro da serra de Sintra, em vigor até às 23:59 de domingo, vai ser “avaliada de 12 em 12 horas”, podendo a interdição ser “agravada ou desagravada”, segundo as “condições que se possam vir a registar”.

O município realçou igualmente que é “fundamental acautelar a protecção, manutenção e conservação” da serra de Sintra, uma “região de proteção classificada sensível ao risco de incêndio florestal” e “caracterizada por um elevado número de visitantes”.

“Urge proteger quem vive e visita Sintra com a adoção de medidas adequadas no âmbito da protecção civil”, acrescenta a nota.

Portugal continental entrará em situação de alerta a partir das 00h de quinta-feira, e até sábado, dia 7, face à previsão de “um significativo agravamento do risco de incêndio rural”, anunciou hoje o Governo.

Em comunicado, o Ministério da Administração Interna especificou hoje que a situação de alerta se prolonga até às 23:59 do dia 07 de Agosto em todo o território de Portugal continental.

A declaração surge na sequência da activação do estado de alerta especial de nível vermelho para os distritos de Bragança, Guarda, Vila Real, Beja, Castelo Branco, Faro e Viseu.

Sugerir correcção