Torne-se perito

Nuno Espírito Santo ganha duelo português na Liga Europa

Wolverhampton elimina Olympiacos de Pedro Martins e marca encontro com o Sevilha de Lopetegui, que eliminou a Roma de Paulo Fonseca. Bayer Leverkusen e Basileia também qualificados para os quartos-de-final.

futebol,desporto,liga-europa,futebol-internacional,
Fotogaleria
Nuno Espírito Santo ainda vai ter de esperar para entrar de férias LUSA/PETER POWELL
futebol,desporto,liga-europa,futebol-internacional,
Fotogaleria
Nesyri marcou o segundo golo do Sevilha LUSA/Wolfgang Rattay / POOL

A época longa do Wolverhampton Wanderers, que começou a 25 de Julho de 2019, vai continuar, pelo menos por mais alguns dias. A formação orientada por Nuno Espírito Santo qualificou-se nesta quinta-feira para os quartos-de-final da Liga Europa, com um triunfo no Molineux por 1-0 sobre o Olympiacos de Pedro Martins no jogo da segunda mão, depois de um empate (1-1) no primeiro jogo há quase cinco meses. Depois de sair vitorioso no duelo dos treinadores portugueses, Espírito Santo terá agora um duelo com outro antigo técnico do FC Porto, Julen Lopetegui, e o seu Sevilha, que afastou a Roma de Paulo Fonseca.

Neste duelo entre dois antigos colegas dos tempos em que ambos estavam no Vitória de Guimarães, Nuno Espírito Santo bem pode agradecer a dois compatriotas a qualificação. Rui Patrício esteve perfeito na baliza dos “wolves” e Daniel Podence esteve envolvido no lance que resultou no único golo do jogo.

Logo no início do jogo, o extremo português aproveitou uma falha da defesa grega e foi tentar disputar a bola com o guarda-redes Allain. O francês, habitual suplente do lesionado José Sá, carregou Podence pelas costas e o árbitro assinalou penálti – que o mexicano ex-Benfica Raúl Jiménez converteu em golo aos 8’.

Lopetegui ganha a Fonseca

Encontraram-se na I Liga portuguesa, um foi (mais ou menos) sucessor do outro no banco do FC Porto e nesta quinta-feira encontraram-se em Duisburgo por um lugar nos quartos-de-final. Quem avançou na competição foi o Sevilha de Julen Lopetegui, que bateu a Roma de Paulo Fonseca por 2-0 numa eliminatória de jogo único.

O resultado ficou feito na primeira parte. Sergio Reguilón, lateral emprestado ao Sevilha pelo Real Madrid, inaugurou o marcador aos 22’, numa excelente jogada individual em que arrancou desde meio do meio-campo e levou a bola até à área, batendo depois o guarda-redes Pau Lopez com um remate cruzado. A fechar a primeira parte, aos 44’, o marroquino Nesri fez o 2-0 a concluir um cruzamento de Lucas Ocampos numa rápida e bem executada jogada de contra-ataque.

A Roma, que vinha de uma série de sete vitórias e um empate nos últimos oito jogos, teve várias oportunidades para marcar, mas não conseguiu ser competente na altura da concretização e fechou desta forma a primeira época com Paulo Fonseca ao comando.

Já Lopetegui, também a cumprir a sua primeira temporada como técnico do Sevilha, segue em frente numa competição que é a “praia” da equipa andaluza – já ganhou a Liga Europa/Taça UEFA por cinco vezes.

Na Suíça, o Eintracht Frankfurt entrou com quase toda a sua artilharia, mas não conseguiu marcar um golo que fosse para fazer mossa na vantagem que o Basileia tinha trazido da primeira mão (0-3). Bas Dost, antigo avançado do Sporting, foi titular ao lado do ex-FC Porto André Silva, com Gonçalo Paciência, também ex-avançado portista, a entrar no início da segunda parte, mas a formação germânica, vencedora da Taça UEFA em 1980, acabou por sofrer nova derrota (1-0) frente formação suíça que teve outro ex-Sporting (Ricky van Wolfswinkel) no banco. Nos “quartos”, o Basileia terá pela frente o Shakhtar Donetsk, de Luís Castro.

No BayArena, em Leverkusen, o Bayer confirmou a passagem aos “quartos” com novo triunfo sobre o Glasgow Rangers. Depois de ter triunfado por 1-3 na Escócia há quase cinco meses, a formação germânica bateu a formação orientada por Steven Gerrard por 1-0, com o golo a ser marcado pelo francês Moussa Diaby aos 51’. O Bayer vai agora defrontar o Inter Milão nos quartos-de-final a 10 de Agosto, em Dusseldorf.

Resultados:

Copenhaga-Basaksehir (0-1), 3-0
Shakhtar Donetsk-Wolfsburgo (2-1), 3-0
Manchester United-LASK Linz (5-0), 2-1
Inter Milão-Getafe, 2-0
Bayer Leverkusen-Rangers (3-1), 1-0
Sevilha-Roma, 2-0
Basileia-Eintracht Frankfurt (3-0), 1-0
Wolverhampton-Olympiacos (1-1), 1-0

Quartos-de-final (10 e 11 de Agosto)

Inter Milão-Bayer Leverkusen
Manchester United-Copenhaga
Wolverhampton-Sevilha
Shakhtar Donetsk-Basileia

 
Sugerir correcção