De um parque geracional a um projecto anti-bullying - estes são os vencedores do GOP+ Jovem de Gaia

O GOP+ Jovem 2020, com o mote “Sonha Grande: Qual é a tua ideia para Gaia?”, alcançou os 2355 votos registados, contando com um orçamento de 240 mil euros, a distribuir 40 mil por cada projecto seleccionado.

Foto
Nelson Garrido

O Gaia Orçamento Participativo Jovem 2020 (GOP + Jovem 2020) já anunciou vencedores. Um parque geracional, um jardim sensorial, um equipamento destinado ao depósito de beatas de cigarros, zonas de lazer nas escolas, actividades entre os mais jovens e os mais velhos e um projecto social anti-bullying são as soluções vencedoras. 

A edição deste ano que, segundo comunicado, “superou as expectativas” com mais de 2355 votos registados por parte da população de Gaia entre os 13 e os 30 anos com ligação provada ao concelho, revê os jovens e as jovens como “agentes positivos de mudança com potencial transformador” e premiou-os nas áreas da Criatividade, Cultura e Desporto, Meio Ambiente e Sustentabilidade, Intergeracionalidade e Voluntariado Jovem.

Nas áreas da Criatividade, Cultura e Desporto, Mariana Pinho, natural de Serzedo, projectou um parque multigeracional, de forma a “rentabilizar, reconstruir e modificar o terreno situado nas ruas Padre Manuel Ribeiro Coelho e General Humberto Delgado​”. Estas ruas, dantes de grande movimento, têm vindo a deteriorar-se com o passar dos anos e Mariana propõe recuperá-las, implementando espaços verdes, um parque fitness, um acesso pedonal, um parque infantil, uma zona de jogo sénior, um parque de merendas e um miradouro central. Já Érica Moreira, sonhou com o “reencontro pessoal com o seu eu primitivo​”, propondo um jardim sensorial, através do qual os gaienses poderão despertar os seus cinco sentidos.

Na área do Meio Ambiente e Sustentabilidade, Tatiana Pereira vai criar um ecoponto para depositar beatas interactivo pois contém “uma pergunta apelativa de resposta fácil e com duas opções”, sendo que o voto é feito através da colocação da beata do cigarro​. Ângelo Sousa vai começar por criar uma zona de lazer na escola Escola Secundária Gaia Nascente​, onde poderá desenvolver uma horta pedagógica para os alunos de Biologia.

Na área da Intergeracionalidade e Voluntariado Jovem, Inês Fernandes vai ajudar os mais velhos, desenvolvendo actividades de apoio domiciliário às “pessoas dependentes de higiene pessoal, cuidados de imagem, mobilização, formação do cuidador e gestão do regime medicamentoso”, criando ainda “uma rede de parceiros com restaurantes e outras associações na freguesia para recolher, organizar e distribuir refeições” às pessoas dependentes. Por fim, Vera Santos concebeu um projecto social que pretende “prevenir o bullying na idade pré-escolar, no concelho de Vila Nova de Gaia, através da comunicação intergeracional”. 

Os projectos vencedores serão inseridos no orçamento municipal para 2021 e executados no mesmo ano. A edição de 2020 contou com um montante total de 240 mil euros, a distribuir 80 mil por área e 40 mil por projecto.

O GOP expõe como principais objectivos promover “a qualidade da democracia e dos seus instrumentos, valorizando a democracia participativa através do envolvimento dos jovens nos processos de decisão e definição de políticas públicas, favorecendo assim a existência de uma sociedade civil forte e activa e reforçando o compromisso com o sucesso do Plano Municipal da Juventude de Gaia”. A Câmara Municipal de Gaia prevê o regresso da iniciativa no ano de 2021. 

Texto editado por Ana Fernandes