Casas de Fado de Lisboa vão receber apoio de 500 mil euros — mas há muitas que se sentem excluídas

Câmara de Lisboa vai disponibilizar mais de 500 mil euros num protocolo com a recém-criada Associação das Casas de Fado de Lisboa, que agrega 16 estabelecimentos. Mais de 30 casas de fados não se sentem representadas pela associação e entregaram no município outro projecto.

cultura,amalia-rodrigues,fado,local,musica,lisboa,
Foto
Daniel Rocha/Arquivo

Está aprovado o protocolo da Câmara de Lisboa com a recém-criada Associação das Casas de Fado de Lisboa (ACFL), que inclui um apoio financeiro de 574 mil euros para a realização de uma festa do Fado e para a produção de um magazine televisivo dedicado a esta arte. A discussão e votação desta proposta pelo executivo camarário chegou a estar agendada para a passada quinta-feira, mas acabou por ser adiada por ter sido contestada por várias casas de fado que se sentem excluídas deste apoio.