Itália inaugura ponte de Génova depois de afastar os Benetton

Muitos dos convidados locais recusaram estar presentes, esta segunda-feira, na cerimónia de inauguração do viaduto que substitui a ponte Morandi, que caiu em 2018, fazendo 43 mortos.

Foto
O projecto da nova ponte foi oferecido pelo arquitecto Renzo Piano, prémio Pritzker 1998 LUCA ZENNARO/LUSA

Praticamente dois anos depois da tragédia, Génova reabre hoje a travessia sobre o rio Polcevera, interrompida desde a manhã de 14 de Agosto de 2018, quando uma secção de 210 metros de extensão da antiga Ponte Morandi caiu, arrastando 43 pessoas para a morte.