Já se trabalha para devolver o rio Leça à população, mas é preciso despoluir

A primeira fase do projecto de requalificação da zona envolvente daquele que já foi um dos rios mais poluídos da Europa já está em marcha e estará concluída em 2021. A curto prazo ainda não será possível percorrer os 18 quilómetros do Corredor Verde do Leça, mas no próximo ano já se vai poder usar parte das margens do rio para lazer ou para deslocações diárias. Mais tempo vai demorar a despoluir as águas.

camara-matosinhos,matosinhos,local,ambiente,rios,agua,
Foto
Adriano Miranda

No Parque das Varas, junto ao Mosteiro de Leça do Balio, em solo de terra batida está montada parte da base onde assentarão os pilares que sustentarão uma de quatro pontes novas que surgirão nos próximos tempos sobre o rio Leça. São várias as que já o atravessam, mas estas são diferentes. Se as outras servem sobretudo o tráfego rodoviário, estas novas vão ser construídas exclusivamente para privilegiar a mobilidade de peões e ciclistas.