Torne-se perito

Governo de Baviera céptico com regresso de público aos estádios

Munique considera que permitir público nos jogos daria “um sinal errado à população”, numa altura em que o número de casos de covid-19 voltou a aumentar na Alemanha.

Monchengladbach teve nas bancadas fotografias dos adeptos nas últimas jornadas da Liga alemã
Foto
Monchengladbach teve nas bancadas fotografias dos adeptos nas últimas jornadas da Liga alemã LUSA/MARTIN MEISSNER / POOL

O Governo da Baviera, região do sul da Alemanha, vê com “muito cepticismo” o regresso do público aos estádios na próxima edição da Liga alemã, com início agendado para 18 de Setembro.

“Não creio que possamos levantar mais restrições. Jogos à porta fechada são uma coisa, estádios com 25.000 pessoas parece-me inimaginável”, afirmou o chefe do governo bávaro, Marcus Söder, ao jornal Bild.

O governante considerou que permitir público nos jogos daria “um sinal errado à população”, numa altura em que o número de casos de covid-19 voltou a aumentar no país e é preciso manter restrições, nomeadamente as que se referem à proibição de ajuntamentos de pessoas.

A Liga Alemã de Futebol está a preparar um plano de desconfinamento para a Bundesliga 2020/2021, que prevê, entre outras medidas, a presença limitada de público nos estádios e a proibição de consumo de álcool.

O plano deverá ser votado em assembleia-geral pelos 36 clubes das competições profissionais e posteriormente analisado pelas instâncias políticas e de saúde, que tomarão a decisão final.

O Governo liderado por Angela Merkel expressou, recentemente, preocupação pelo aumento de casos de contágio do novo coronavírus, depois de os números terem estabilizado em Junho.

Sugerir correcção