Direito de Resposta

“Sócrates baralhou o jogo e ajudou a reeleger Barreto no PS-Braga”

Direito de Resposta de Miguel Jorge da Costa Gomes a um artigo publicado na edição de 29 de Julho de 2020.

É do conhecimento público que Miguel Costa Gomes (MCG), enquanto militante do PS, apoiou a candidatura de Ricardo Costa à Distrital de Braga, mas é completamente falso que tenha mudado o seu apoio para a candidatura de Joaquim Barreto “a três semanas das eleições”, como o PÚBLICO noticia.

É igualmente falso que MCG tenha assumido algum compromisso com Joaquim Barreto e que “terá prometido ‘tirar o pé do acelerador em relação ao apoio da candidatura de Ricardo Costa'”, tal como o PÚBLICO escreve.

Aliás, a forma como a frase está construída, com o condicional “terá prometido” e o resto escrito entre aspas, sugere que terá sido dita textualmente por MCG, como numa citação, o que é falso, e até inabitual num jornal de referência.

É totalmente falso e irrealista, tal como a notícia declara, que a candidatura de Ricardo Costa acreditava vencer em Barcelos por 1000 votos, o que denota que a autora do artigo não conhece a realidade da concelhia nem cuidou de fazer contas para sustentar essa afirmação absurda, pois nem MCG conseguiu essa votação na eleição para presidente do PS barcelense, tendo obtido justamente 872 votos.

É verdade que o almoço referido na notícia aconteceu, mas é falso que tivesse interferido no apoio firme de MCG à candidatura de Ricardo Costa, como comprova a vitória expressiva de 62% com que Ricardo Costa ganhou em Barcelos.

É lamentável que um jornal de referência como o PÚBLICO faça eco de uma notícia falsa obtida num jornal local sem que a tenha confirmado junto do visado ou permitido o direito do contraditório.

Por fim, contrariamente ao que a notícia sugere, o resultado obtido por um jovem socialista que teve como adversário um histórico do PS foi muito honroso para Ricardo Costa e para todos os que o apoiaram.

Miguel Jorge da Costa Gomes
Presidente da Comissão Política Concelhia do PS de Barcelos

Nota da Direcção:

O PÚBLICO fez todos os esforços para falar com os intervenientes da notícia, nomeadamente, Miguel Costa Gomes, presidente da Câmara de Barcelos, tendo inclusive telefonado para o seu adjunto, Manuel Mota, que também não atendeu. O PÚBLICO falou com José Sócrates, que não quis prestar declarações, e tentou, ainda, falar com o presidente da distrital do PS-Braga, Joaquim Barreto, mas sem sucesso. Após diversas diligências, conseguiu falar com Ricardo Costa, que declarou não querer falar sobre as eleições. A única pessoa próxima da candidatura de Ricardo Costa que mostrou disponibilidade para falar com o PÚBLICO, e que é citada na notícia, foi Casimiro Rodrigues, presidente da Junta de Freguesia de Gimonde. Por último: o reeleito presidente da distrital do PS-Braga, Joaquim Barreto, no discurso de vitória das eleições, agradeceu pessoalmente a Miguel Costa Gomes e também a José Sócrates pelo apoio. Citamos: “(…) Pedi, então, ao Casimiro Rodrigues que tentasse combinar um jantar com o Miguel Costa Gomes e com o Sócrates. E quero aqui agradecer ao eng. Sócrates, pessoa a quem nunca abandonei e mantive sempre contacto, pelo apoio que, em Barcelos, nos deu nesta campanha.”

Sugerir correcção