PSD

Rio admite “conversar” com Chega, mas só se partido evoluir para “posição mais moderada”

Presidente do PSD descarta essa possibilidade se o partido se mantiver “numa linha de demagogia e populismo”. Sobre o Novo Banco, Rui Rio avisa que pode estar a viver-se “uma situação semelhante à do BES” e insistiu na necessidade de uma investigação “a sério” do Ministério Público.