Gravuras do Côa

Elogio do Homem do Paleolítico

O Bartoon de Luís Afonso, com o seu Homem do Paleolítico, marcou os principais momentos da luta pela preservação das gravuras e contribuiu para pôr a questão do Côa na agenda.

bartoon,patrimonio,culturaipsilon,edp,antonio-guterres,arqueologia,
Foto
O Bartoon de Luís Afonso abordou pela primeira vez a questão das gravuras do Côa a 3 de Fevereiro de 1995 DR

A 21 de Novembro de 1994, o PÚBLICO chamava à capa um artigo assinado por Manuel Carvalho, com o título “Barragem ameaça achado arqueológico”. O achado em causa era a arte paleolítica do vale do Côa e assim se desencadeava uma polémica que ocuparia o espaço público durante cerca de um ano e que perdura ainda hoje no imaginário colectivo.