BE questiona Governo sobre salários em atraso no SNS

De acordo com o BE, alguns dos psicólogos contratados para reforçar o SNS no combate à covid-19 ainda não receberam o seu salário. O partido quer saber o que o Governo está a fazer para resolver “imediatamente” a situação e teme que existam mais profissionais na mesma situação.

sns,saude-mental,enfermeiros,saude,politica,psicologia,
Foto
O BE quer saber se existem mais profissionais de saúde nesta situação rui gaudencio

O BE enviou ao Ministério da Saúde um conjunto de perguntas sobre os atrasos no pagamento dos cerca de 60 psicólogos contratados para o Serviço Nacional de Saúde (SNS), no âmbito do reforço da resposta à saúde mental durante a pandemia covid-19. De acordo com o deputado bloquista Moisés Ferreira, os profissionais contratados para a linha de saúde 24 (SNS24) estão em “vínculos precários”, em regime de recibos verdes e com um limite máximo de prestação de serviços de 180 dias. Os bloquistas querem ainda esclarecer se não existem outros profissionais, nomeadamente enfermeiros, na mesma situação e condena que “profissionais de saúde a desempenhar funções-chave no combate à pandemia sejam tratados desta forma”.