Emanuel Jorge Botelho: a asa batida sobre o medo

Em dois volumes, a obra poética completa de Emanuel Jorge Botelho.

Foto
Um dos melhores poetas contemporâneos da língua portuguesa DR

Emanuel Jorge Botelho (Ponta Delgada, 1950) é um poeta e uma personalidade singular. Talvez como todos os grandes poetas. Mas este mais. Pelo seu viver apartado das luzes da ribalta, pelo seu viver na ilha (S. Miguel), mas nesta se instala o mundo inteiro. Foi professor, fez parte do Grupo de Intervenção cultural Açoriano, fundou e dirigiu a revista Aresta e coordenou o suplemento cultural do jornal Correio dos Açores.