Isaltino elogia Rio, assume-se social-democrata e diz que é cedo para falar de autárquicas

O presidente da Câmara de Oeiras não quer “especular” sobre uma aproximação ao PSD nas próximas autárquicas, mas também não fecha portas: “Não posso dizer que desta água não beberei.”

Foto
Isaltino Morais foi eleito cinco vezes pelo PSD presidente da Câmara de Oeiras Miguel Manso

O presidente da Câmara de Oeiras, Isaltino Morais, que em 2005 abandonou o PSD para se candidatar como independente à sua autarquia de sempre, elogia a liderança de Rui Rio e deseja que no partido “vença, predomine e se imponha a corrente social-democrata”. “É aquela que é mais justa, que combate a desigualdade de oportunidades e que tem uma visão de justiça social”, justifica.