Programas de futebol: ex-comentadores admitem “toxicidade” e há quem tenha vergonha de ter participado

SIC acaba com programas de futebol com representantes dos três grandes. Eduardo Barroso, Dias Ferreira e Guilherme Aguiar concordam com decisão, considerando que discussões se foram deteriorando. TVI já tomou uma decisão, que revelará em breve.

Foto
Eduardo Barroso: "Tinha vergonha de ser um dos precursores destes programas" Daniel Rocha

A “toxicidade” que envolve os programas desportivos e o clima de guerrilha vivido entre os clubes levou a SIC Notícias a colocar um ponto final num formato que, nas últimas três décadas, “colou” milhares de pessoas religiosamente aos televisores semana após semana. A cadeia anunciou, esta segunda-feira, que descontinuará os programas desportivos — Dia Seguinte e Play Off — que recebiam comentadores afectos aos clubes, adiantando que existirão reformulações a estes conteúdos na próxima época. Algumas das personagens mais conhecidas que deram vida — e cara — a estes programas apoiam a decisão, considerando que o debate desportivo televisivo se deteriorou nos últimos anos. 

Sugerir correcção