mundo-segundo,sam-the-kid,orelha-negra,hiphop,culturaipsilon,musica,
Rui Gaudêncio

Sam The Kid: “As minhas caixas de sapatos têm ritmos lá dentro!”

No dia em que completou 41 anos deu-nos uma prenda. Foi à caixa de sapatos, retirou de lá uns temas, atribuiu-lhes sentido e saiu de lá com um álbum de fantasias instrumentais a que deu o nome de Caixa de Ritmos.

Quando lhe fazemos a pergunta rotineira de onde surgiu o título do novo álbum de temas instrumentais respondeu: “Chama-se Caixa de Ritmos porque é uma expressão muito antiga do meio do hip-hop, mas acima de tudo porque onde tenho guardado todos os MiniDisc é em caixas de sapatos. E pensei nesse trocadilho. As minhas caixas de sapatos estão cheias de ritmos, é ali que armazeno disquetes e discos de dados. Então é mesmo isso: as minhas caixas de sapatos têm ritmos lá dentro!”