Cistermúsica recusou-se a sacrificar o ano Beethoven à covid-19

O festival de música de Alcobaça regressa esta quarta-feira em formato reduzido e com uma programação que tem como eixos principais a comemoração dos 250 anos do nascimento do compositor alemão e a diáspora musical lusófona.

Foto
Concerto "Do Barroco ao Fado", com os Músicos do Tejo, a cantora lírica Ana Quintans e o fadista Ricardo Ribeiro

O Quarteto Tejo e o clarinetista António Saiote, que cumpre este ano meio século de carreira, inauguram esta quarta-feira à noite a 28.ª edição do Cistermúsica com um concerto no mosteiro de Alcobaça, cujo programa inclui o Quarteto de cordas em fá maior, op.59 n.º 1, de Beethoven, compositor ao qual o festival, mesmo neste contexto difícil, fez questão de prestar a devida homenagem nos 250 anos do seu nascimento.

Sugerir correcção