Fugas

“Viver Amália”

A voz de Amália guia-nos pela sua Lisboa num passeio de “amor genuíno”

Celebra-se o centenário do nascimento, marcam-se os 21 anos da morte. Pedro Vaz, guia e amaliano, criou um passeio musical por Lisboa que nos leva, passo a passo, pelas ruas e pela vida da fadista, da casa onde nasceu à casa onde morreu a 6 de Outubro de 1999.