Vila Velha de Ródão instala rede de recolha de óleos alimentares

“Os óleos alimentares usados apresentam um nível elevado de contaminação dos recursos hídricos, pelo que é fundamental a separação e encaminhamento deste resíduo”, explica, em comunicado, a Câmara de Vila Velha de Ródão.

vila-velha-rodao,local,ambiente,
Foto
rita rodrigues

A Câmara de Vila Velha de Ródão, no distrito de Castelo Branco, instalou uma rede municipal de recolha de óleos alimentares usados que está disponível desde o início do mês em todo o concelho, foi anunciado esta quinta-feira.

O município de Vila Velha de Ródão tem disponível, desde o início de Julho, uma rede municipal de recolha de óleos alimentares usados com 12 pontos de recolha, os oleões, espalhados pelo concelho.

“Os óleos alimentares usados apresentam um nível elevado de contaminação dos recursos hídricos, pelo que é fundamental a separação e encaminhamento deste resíduo”, explica, em comunicado, a Câmara de Vila Velha de Ródão.

A autarquia realça ainda que se está perante o aproveitamento de matéria-prima para o desenvolvimento de biodiesel e adianta que mil litros de óleo usado permitem produzir entre 920 a 980 litros de biodiesel e ainda em sabão, velas, óleo, verniz, tintas, entre outros produtos.

“Após a utilização do óleo, deve deitar o mesmo frio numa garrafa de plástico com a ajuda de um funil e quando estiver cheia deve colocá-la num oleão. Fazendo recurso à leitura do código QR que está no contentor pode, o munícipe, ter o registo individual da quantidade que deposita”, lê-se na nota.

A rede municipal de recolha de óleos alimentares usados resulta de um protocolo entre a Câmara de Vila Velha de Ródão e o consórcio Hardlevel - Prio.

Os pontos de recolha do óleo alimentar usado estão situados em Vila Velha de Ródão (seis), sendo que os restantes estão espalhados por Gavião de Ródão, Foz do Cobrão, Fratel, Sarnadas de Ródão, Perais e Alfrívida.

Sugerir correcção