A floresta retro-futurista de Molero

Apesar de electrónica, é música que nos toca na pele.

Foto
Ficciones Del Trópico é o álbum de estreia de Molero, músico venezuelano a residir em Barcelona Hans Muller

Reaprender a ouvir. A omnipresença da música, em todos os lugares, públicos ou privados, a toda a hora, tornou-se na sua principal inimiga. O ruído contínuo acaba por gerar, paradoxalmente, uma relação de indiferença com a música. Não acontecerá o mesmo com as imagens? O excesso que nos invade a toda a hora, seja de sons ou imagens, não solicitará um outro tipo de fruição, de focagem e de reflexão, um recentrar na música ou nas imagens e tudo o que as rodeia?

Sugerir correcção
Comentar