Eu não quero que tu fales

ipsilon-papel,passa-cabeca,cultura,ipsilon,culturaipsilon,livros,
Foto
Taylor Hill/FilmMagic

Já o jantar ia adiantado quando a minha amiga lançou a pergunta: continuaríamos a comprar coisas a um comerciante que tivesse manifestado opiniões homofóbicas? Daí até começarmos a discutir os ataques às estátuas, foi um instante. Na mesa, um italiano, perdido na tradução, perguntava como saltávamos da homofobia para o colonialismo. É simples — isto anda tudo ligado.